JURADOS SETORIAIS

PRÊMIO ESPÍRITO PÚBLICO

EDUCAÇÃO

Alice Ribeiro

Alice graduou-se em Relações Internacionais (PUC/MG) e é mestre em Direitos Humanos e Democratização (European Inter-University Centre for Human Rights and Democratisation, Veneza/Itália) e em Administração Pública e Governo (FGV/SP). No campo da Segurança, trabalhou no Tribunal Penal Internacional e também coordenando a área de Controle de Armas do Instituto Sou da Paz. No campo da Educação, liderou a área de pesquisa e conteúdo do movimento Todos Pela Educação e, em parceria com a UNESCO, coordenou ações de gestão e avaliação de projetos inovadores da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro. Atualmente está na Secretaria Executiva do Movimento pela Base Nacional Comum, um grupo plural que discute e apoia a criação de uma base curricular para o Brasil.

Ana Lucia Orleans

Formada em Letras pela USP, recebeu bolsa mérito para estudar na Universitat Autónoma de Barcelona. Lidera a área de Comunicação & Marketing na ONG de desenvolvimento de lideranças para educação Ensina Brasil. Já trabalhou como professora do currículo bilíngue em escolas de São Paulo. Como voluntária, desenvolveu um programa de tutoria pedagógica para professores e alunos e co-fundou um grupo de empoderamento de jovens-adultas em situação de vulnerabilidade social.

Anna Helena Altenfelder

É pedagoga, com especialização em psicopedagogia pelo Instituto Sedes Sapientiae. Mestre e doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).  Foi professora e coordenadora pedagógica do ensino básico e docente de disciplinas e supervisão de estágio em cursos de pós-graduação latu senso em Psicopedagogia. Atua há mais de quinze anos no  Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) como superintendente, pesquisadora,  formadora, autora de materiais de orientação para professores e gerente de projetos. Atualmente é  a Presidente do Conselho de Administração da organização.

Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo

Professor da Escola de Direito da FGV Direito Rio. Formado em 1999 pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC/RJ. LL.M pela New York University -NYU (2002). Mestre e Doutor em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (2005/2008). Senior´s Management Executive Program na Harvard Kennedy School (2013) e Visiting Scholar na Berkeley University (2014). Coordenador da Secretaria de Acompanhamento Econômico, do Ministério da Fazenda, SEAE/MF (2003-2008). Conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE em dois mandatos consecutivos (2008-2012) e Superintendente Geral do CADE (2012-2014). Sócio da Todos pela Educação – TPE.

Cleuza Rodrigues Repulho

Professora; Mestra em educação pela Universidade Mackenzie; Secretária de Educação de Santo André – SP 2000 até 2007; Diretora do Departamento de Políticas Educacionais do Ministério da Educação 2008; Secretária de Educação de São Bernardo do Campo – SP 2009 até 2015; Presidenta Nacional da UNDIME – União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação por 3 vezes, 2007 até 2008, 2009 até 2015; Consultora da UNESCO; Conselheira da CAPES – Comitê da Educação Básica 2009 até 2011; Membro do Comitê Diretivo da Campanha Nacional pelo Direito a Educação 2005 até 2007, 2009 até 2013; Atualmente Conselheira da Lego Educação Brasil / Instituto Natura / Nova Escola / Comunidade Educativa – CEDAC / Instituto Rodrigo Mendes; Consultora Sênior – Fundação Lemann / Instituto Natura / LAB – Laboratório de Inovação Educacional. Membro do Conselho da Universidade de Columbia no “Women’s Leadership Network in Brazil” 2018.

Felipe Michael

Graduado em Economia pela UFMG e em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro, com mestrado em Educação por Stanford. Desde 2010 é servidor público em Minas Gerais, tendo trabalhado no Programa Estado para Resultados e no Escritório de Prioridades Estratégicas. Tem experiência com formulação, implementação e avaliação de políticas educacionais. Licenciado no Estado, atua na Fundação Lemann desde 2016, como coordenador de políticas educacionais.

Pilar Lacerda

Natural de Timóteo (MG), graduou-se em História, em 1979, pela UFMG. Em 2001, especializou-se em Gestão de Sistemas Educacionais, na PUC-Minas. De 1976 a 2001, foi professora de história da educação básica. De 1993 a 1996, foi diretora do Centro de Formação dos Profissionais da Educação da Prefeitura de Belo Horizonte. De 2002 a 2007, foi Secretária Municipal de Educação da Prefeitura de Belo Horizonte. De 2005 a 2007, elegeu-se presidente nacional da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), onde liderou o movimento nacional em defesa de recursos do Fundeb para a Educação Infantil. De 2007 a 2012, foi Secretária de Educação Básica do Ministério da Educação. Atualmente é diretora da Fundação SM Brasil.

Rafael Parente

PhD em educação (NYU), CEO da Aondê / Conecturma (startup de educação), co-fundador do Movimento Agora!, presidente do conselho do CEIPE e sócio-efetivo do Movimento Todos pela Educação. Fundou e dirigiu o LABi, Laboratório de Inovação Educacional, de 2014 a 2017. Foi subsecretário na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro de 2009 a 2013. Com sua equipe, criou e implementou a Educopédia (www.educopedia.com.br), o Pé de Vento, o Rioeduca (www.rioeduca.net) e o GENTE (novo modelo de escola na Rocinha)

Ricardo Chaves Martins

Bacharel em Ciências Econômicas, Mestre em Educação, Doutor em Ciência Política. Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados, na área de Educação e Professor do Mestrado em Poder Legislativo dessa instituição. Fui professor da Universidade de Brasília, Diretor de Programas da CAPES/MEC e pesquisador do IESAE/FGV. Integrei equipe do Programa de Apoio aos Secretários Municipais de Educação e do Programa de Apoio aos Dirigentes Municipais de Educação. Membro fundador do Movimento Todos pela Educação.

Silvia Morais

Diretora e Fundadora da Via Social Consultoria, especializada em gestão de organizações e projetos, fazendo uso da colaboração entre setores e organizações e da inovação como fatores de alavancagem de alto impacto social.
Em sua trajetória profissional, dirigiu a Associação de Educação Financeira do Brasil e o Instituto Credit Suisse Hedging-Griffo e foi parte da equipe da Natura Cosméticos, IDIS e Banco HSBC. Foi conselheira do GIFE e da RedEAmerica por duas gestões.
É mestre em Administração e Inovação pela FEI, pós graduada em Administração de Organizações sem fins Lucrativos pela UNIV. San Pablo de Madri e Relações Públicas pela Cásper Líbero.

Talita Nascimento

Coordenadora no CEIPE. Anteriormente, foi Gerente de Relações Governamentais da Mira Educação, negócio social que busca desenvolver tecnologias educacionais para a rede pública brasileira. Talita é mestre em International Education and Development pela Universidade de Columbia, New York. Durante o mestrado, Talita foi bolsista da Fundação Lemann, Fundação Estudar e da Brazilian American Chamber of Commerce. Nesse período, Talita realizou pesquisa de campo, no Rio de Janeiro, sobre práticas e metodologias pedagógicas na construção de paz, e prestou consultoria ao European Wergeland Centre, que teve como objetivo o desenvolvimento das bases curriculares de cidadania e democracia do governo da Ucrânia. Além disso, foi assistente de pesquisa em um estudo comparado dos resultados do PISA e TIMMS 2015. Antes de se dedicar ao mestrado, Talita trabalhou com programas focados em ensino superior, no Ministério da Educação. Talita é graduada em Direito pela Universidade de São Paulo.

Yael Sandberg

Psicóloga pela Universidade Paulista com MBA em Gestão e Empreendedorismo Social pela FIA/ USP – 2007. Com 25 anos de experiência em educação e no 3º setor atuou por 10 anos como diretora executiva da ONG – Cidade Escola Aprendiz, com projetos na área social e foco em desenvolvimento comunitário e educacional. Assessoria na Prefeitura de São Paulo para implementação de políticas públicas de inclusão social como Clube Escola. Na Comunitas, coordenou a pesquisa BISC, sobre Investimento Social Privado no Brasil no ano de 2011, www.bisc.org.br
Na AEF Brasil – Associação de Educação Financeira do Brasil, gerenciou a implantação da ENEF – Estratégia Nacional de Educação Financeira do Brasil nas escolas públicas em todos os estados e coordenei o Projeto Piloto e a avaliação no Ensino Fundamental, também subsidiou a inserção dos conteúdos de educação financeira na BNCC – Base Nacional Comum Curricular – 2015/16
Atualmente é diretora Executiva do instituto de filantropia familiar – Instituto Samuel Klein

GENTE, GESTÃO E FINANÇAS PÚBLICAS

Alexandre Guimarães

É gerente de Projetos na EloGroup, com forte atuação no setor público, bem como em iniciativas de educação executiva. É Mestre em Administração de Negócios com ênfase em Gerenciamento Estratégico, pela Universidade de Westminster, Inglaterra, Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Bacharel em Ciências da Logística pela Academia da Força Aérea Brasileira. Acumulou larga experiência como gestor no setor público, tendo coordenado iniciativas relevantes nos temas de orçamento, contabilidade pública, estratégia, processos, projetos, risco e continuidade de negócios.

Ana Carla Abrão

Sócia da consultoria Oliver Wyman, é Mestre em Economia pela EPGE/FGV e doutora em Teoria Econômica pela FEA/USP, foi secretária de Estado da Fazenda de Goiás em 2015 e 2016 e hoje é Presidente do Conselho de Gestão Fiscal da Prefeitura de São Paulo. Possui ampla e premiada produção acadêmica na área de crédito e extensa passagem pelo mercado financeiro, em instituições como o FGC (Consultor do Sistema de Seguro de Depósito), o Banco Central, a Consultoria Tendências e o Banco Itaú, onde trabalhou até 2014, como diretora na área de controle de riscos.

Atoine Lousão

Servidor da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Estado do Rio de Janeiro. Iniciou a vida profissional na estatal francesa Eléctricité de France, nas áreas de branding e inovação. Ingressou no Governo do Estado em Fevereiro de 2011, e até Novembro de 2015 trabalhou na Secretaria de Estado de Educação, onde exerceu os cargos de Assessor de Planejamento e Gestão, Superintendente de Desenvolvimento de Pessoas e Subsecretário de Gestão de Pessoas. Em Dezembro de 2015 assumiu a responsabilidade de estruturação da Diretoria de Gente e Gestão do Inea.
Antoine é Doutor e Mestre em Filosofia Política (UFRJ e Université Paris I Panthéon-Sorbonne) e Mestre em Administração (Sciences Po Paris). Cursou Programas Executivos em Gestão Pública (Harvard Kennedy School e FGV) e é Graduado em Ciências Humanas (Lycée Henri IV e Paris X). Foi Visiting Scholar na Columbia University, Professor-tutor da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e colaborador de diversos institutos de pesquisa em desenvolvimento do setor público.

Caroline Beserra Pfeilsticker

Graduada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), com pós-graduação em Controle e Auditoria Pública, pela Faculdade Metropolitana de Belo Horizonte. Trabalhou em empresas multinacionais nos ramos de alimentos, indústria de cimentos, energia elétrica e consultoria. Em 2008, ingressou no Tribunal de Contas da União (TCU), através de concurso público. Inicialmente, como auditora federal de controle externo, atuou 2 anos na Secretaria responsável pela fiscalização dos recursos públicos federais gastos com saúde e assistência social. Depois desse período, assumiu os seguintes cargos: Diretora de Gestão Estratégica de Pessoas do TCU; Assessora do Diretor-Geral do Instituto Serzedello Corrêa (ISC), Universidade Corporativa do TCU; Chefe de Serviço de diagnóstico, planejamento e desenvolvimento de ações educacionais do Instituto. Atualmente é Diretora de Relações Institucionais e Diretora-Geral Substituta do ISC.

Erika Caracho

Graduada em Administração Pública (2010) e Mestre em Administração Pública e Governo (2013) pela Fundação Getulio Vargas – SP. Atualmente é professora e coordenadora pedagógica na Escola Técnica Estadual – Etec CEPAM. Tem interesse nos temas de educação, gestão pública, desenvolvimento local e gestão local.

Fabio Ono

Diretor de Desenvolvimento de Lideranças do Centro de Liderança Pública (CLP). Fabio é Economista pela Unicamp, mestre em desenvolvimento econômico pela UFPR, MBA em Gestão Financeira e Controladoria pela FGV, pós-graduação pela Harvard School of Government. Como gerente do Sebrae Paraná atuou na coordenação do planejamento Sebrae 2022 e no aprimoramento de diversas práticas de gestão da organização. Antes disso também atuou como gerente global de inteligência de mercado na Alcoa. Suas outras experiências incluem planejamento estratégico para o governo estadual (Paraná), planejamento de produção, comércio exterior, operações cambiais e avaliação de projetos de capital no Brasil e no exterior para a indústria de exploração e produção de petróleo, papel e celulose e mineração, trabalhando para empresas como 3M, Banco Santander, Independent Project Analysis (IPA) e IBM.

Felipe Drumond

Graduado em Administração Pública pela Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho da Fundação João Pinheiro, é Especialista em Política Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) da Secretaria de Planejamento e Gestão do Governo do Estado de Minas Gerais. Atualmente encontra-se em licenciamento da carreira, trabalhando na Consultoria Elo Group como professor do GovLab – Escola de Empreendedorismo em Governos e coordenando o projeto de Planejamento da Força de Trabalho do Governo do Estado do Ceará. Drumond também preside a Pro Pública Brasil – Associação Brasileira dos Profissionais do Campo de Públicas, a qual tem trabalhado com advocacy para que a pauta da profissionalização da gestão pública se torne uma agenda permanente do Estado brasileiro.

Fernando de Souza Coelho

Doutor e Mestre em Administração Pública e Governo pela FGV-SP, com extensão no ITAM/México e aperfeiçoamento no CERUR/Israel, e economista pela FEARP-USP. Desde 2007 é professor/pesquisador da Universidade de São Paulo, atuando no curso de graduação e no programa de pós-graduação (mestrado acadêmico) em Gestão de Políticas Públicas da EACH-USP. No setor público atua como conferencista em Escolas de Governo como ESAF, ENAP, Escola de Contas do TCE-SP, Escola do Parlamento de Santa Catarina, Instituto do Legislativo Paulista, Oficina Municipal, Centro de Liderança Pública, dentre outras. Na atualidade, pertence ao comitê editorial da Revista do Serviço Público da ENAP, é editor adjunto da Revista de Administração Pública (RAP) da FGV-RJ, coordena a divisão acadêmica de Administração Pública da ANPAD, integra o comitê científico do Congresso CONSAD e é presidente da Sociedade Brasileira de Administração Pública (SBAP). Autor de diversos artigos acadêmicos e capítulos de livros sobre gestão pública no Brasil.

Gabriela Lotta

Professora adjunta do bacharelado de Políticas Públicas e da pós graduação em Políticas Públicas da UFABC. Vice-coordenadora da pós graduação em Políticas Públicas da UFABC. Doutora em Ciência Política pela USP, mestre e graduada em administração pública pela FGV. Coordenadora do Núcleo de Estudos da Burocracia (NEB) da UFABC. Docente da Escola Nacional de Administração Pública, ENAP. Coordenadora da Área Temática Estado e políticas públicas da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) e diretora da pesquisa da Associação Nacional de Ensino e Pesquisa do Campo de Públicas (ANEP/CP). Trabalhou com assessoria, pesquisa e formação para diversos governos. Atua principalmente nas áreas de políticas públicas, burocracia, implementação e gestão governamental

Humberto Dantas

Cientista social formado pela USP, com mestrado e doutorado em Ciência Política pela mesma instituição. Professor universitário desde 1999, com passagens por relevantes instituições como a São Camilo, a FAAP, o Insper e o curso de Getsão de Políticas Públicas da USP. Atualmente é presidente da Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, pesquisador pós-doutorando em administração pública e docente visitante da FGV-SP. Coordenador de cursos de pós graduação, com destaque para o MLG do Centro de Liderança Pública e o programa de especialização em Ciência Política da FESP-SP. Nos últimos anos participou diretamente de mais de 500 turmas de cursos livres de educação política, com destaque para ações nas periferias de São Paulo. É analista político da 4E Consultoria e comentarista político da Rede Vida de TV, com passagem de três anos pela Rádio Estadão. No Grupo Estado é coordenador de três blogs, com destaque para o Legis-Ativo. Conselheiro de organizações como a Fundação Konrad Adenauer do Brasil.

Mauricio de Albuquerque Wanderley

Graduado em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília e  com Especialização em Controle Externo pela  Fundação Getúlio Vargas. Atuou como Engenheiro da Themag Engenharia S.A. e das Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. – ELETRONORTE. Desde 1996, atua como Auditor Federal de  Controle Externo do Tribunal de Contas da União, tendo ocupado os seguintes cargos na instituição: Secretario de Fiscalização de Desestatização (SEFID) ,  Secretário-Geral da Presidência

Secretário de Macroavaliação Governamental, Secretário da 2ª Secretaria de Fiscalização de Desestatização e Regulação, Secretário-Geral de Controle Externo e  Chefe do gabinete do Ministro Augusto Nardes. Atualmente é o Diretor-Geral do Instituto Serzedello Corrêa, Escola Superior do Tribunal de Contas da União.

Miriam Ascenso

Graduada em Relações Internacionais na Trevisan Escola de Negócios. Realizou diversos cursos de Formação Executiva em Stanford, no Insper e em outras organizações. Foi embaixadora da Brasil Junior na Europa e coordenou diferentes projetos na Fundação Brava desde 2012. Hoje é diretora de projetos da Fundação Brava

Renata Vilhena

Consultora em Gestão Pública, Professora Associada da Fundação Dom Cabral desde janeiro de 2015, e membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República – CDES desde novembro de 2016. Foi Secretária de Estado de Planejamento e Gestão do Governo de Minas Gerais de 2007 a 2014, responsável pela formulação e implementação da orientação para resultados naquele estado.
Renata é graduada em Estatística pela UFMG, participou do Programa de Gestão Avançada da Fundação Dom Cabral – PGA, é Especialista em Administração Pública pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro de MG e Especialista Lato Sensu em Gestão Pública e Legislação Urbana pela Universidade Cândido Mendes – Minas Gerais. É autora de diversas publicações nacionais e internacionais relativas a gestão pública.

Tadeu Barreto

Economista com pós‐graduação em Economia Regional pela UFMG – Cedeplar. MBA Executivo em Finanças pelo IBMEC Educacional. Skill, Tools and Competence, da Fundação Dom Cabral com a Kellogg School of Management.
Servidor do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais – BDMG desde 1986, coordenou o diagnostico “Minas Gerais do Século XXI”, publicado em 16/12/2002.
Subsecretário e secretário adjunto da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (SEPLAG -MG) de 2003 a 2006. Liderou dois Planos Mineiros de Desenvolvimento Integrado (PMDI), 2003‐2020 e 2007‐2023, do Governo de Minas.
Secretário de Estado de 2007 a janeiro de 2011 implantou o Programa Estado para Resultados – EpR, a unidade de gestão estratégica do Governo de Minas. Neste período, entre outros trabalhos, dirigiu o projeto Agenda de Melhorias – Caminho para Inovador na Gestão Pública e liderou a PPP para modernização do Estádio Mineirão.
Em 2011 como Diretor-Presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas implantou uma Delivery Unit  no Governo de Minas Gerais. Deixou o Governo de Minas em 01/08/2012. Estudou em Boston e New York. Retornou ao BDMG e atualmente é gerente de estratégia comercial. Atua também como professor no Centro de Lideranças Pública – CLP e mentor de executivos públicos em alguns projetos de inovação em governos estaduais e municipais.

MEIO AMBIENTE

Adriana Ramos

Doutora em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013) , possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e Mestrado em Serviço Social pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (2005). Atualmente é professora Adjunta II da Universidade Federal Fluminense (UFF) – curso de Serviço Social, campus do Gragoatá em Niterói, Rio de Janeiro. Líder do grupo de pesquisa (CNP’q): Núcleo de Estudos dos Fundamentos do Serviço Social (NEFSS). Tem experiência na área de Serviço Social, com ênfase em Serviço Social na área da Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho profissional, política de estágio, Serviço Social.

Ana Toni

Sócia-fundadora do GIP, Ana Toni é diretora executiva do Instituto Clima e Sociedade (ICS). Foi diretora da Fundação Ford no Brasil de 2003 a 2011. Ana é formada em Economia e Estudos Sociais na Universidade de Swansea, mestre em Políticas da Economia Mundial pela London School of Economics and Political Sciences,e doutoranda em Políticas Sociais pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ

André Ferreira

Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Lavras (2000) Doutor e Mestre em Agronomia (Energia na Agricultura – Planejamento do Uso do Solo, Estudo do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2009). Atualmente esta como vice-Coordenador do curso de Engenharia Florestal e Coordenador do Curso de Especialização em Educação Ambiental modalidade EaD/DTE/UFT.

Beto Veríssimo

Pesquisador sênior e co-fundador do Imazon, um think tank de ONGs baseado na Amazônia brasileira e fundado em 1990. Ele possui mestrado em ecologia pela Pennsylvania State University (EUA) e pós-graduação. graduado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal Rural da Amazônia Brasileira. Publicou mais de 170 artigos científicos e técnicos e 25 livros sobre conservação, gestão de recursos naturais e políticas públicas. Seu trabalho ajudou a criar cerca de 25 milhões de hectares de Unidades de Conservação na Amazônia brasileira e apoiar o manejo florestal em mais de 7 milhões de hectares.

Junnius Marques Arifa

Secretário de Controle Externo da Agricultura e do Meio Ambiente – SECEXAMB do Tribunal de Contas da União (TCU)

Márcia Hirota

Diretora Executiva e de Gestão do Conhecimento da Fundação SOS Mata Atlântica, é coordenadora do Atlas da Mata Atlântica, dos programas de florestas, mar e cidades e responsável pelo conteúdo. É voluntária e conselheira de outras organizações

Roberto Villar

Jornalista profissional graduado em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1991), com mestrado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015), com pesquisa sobre a construção do discurso da economia verde na revista Página 22. Atualmente é doutorando no PPGCOM/UFRGS com pesquisa sobre as concepções de jornalismo e natureza em duas gerações de jornalistas ambientais brasileiros. Participa do Grupo de Pesquisa Jornalismo Ambiental (CNPq/UFRGS), campo que acompanha profissionalmente desde 1991. É professor de jornalismo ambiental no curso de Jornalismo do Centro Universitário Ritter dos Reis de Porto Alegre (RS) desde março de 2014, onde também ministra as disciplinas de jornalismo econômico e teorias do jornalismo.

Sergio Besserman Vianna

Economista, graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, fez carreira executiva no BNDES, chegando a diretor de planejamento. Foi também presidente do IBGE e do Instituto Pereira Passos.Atualmente, é o Presidente do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Ubiracy Araújo

Procurador Federal desde 1984, foi Procurador Geral do IBAMA (1994-1999), Gerente Jurídico da Câmara de Meio Ambiente da Procuradoria Geral da República (1999-2008) e Assessor Jurídico da Liderança do Partido Verde (2009 a 2015).

SEGURANÇA PÚBLICA

Aline Keber

Socióloga, Especialista em Segurança Cidadã, Mestranda em Políticas Públicas (UFRGS). Diretora Executiva do Instituto Fidedigna e Associada Plena do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Implementou diversas políticas públicas de segurança no âmbito municipal com destaque aos observatórios de segurança e às políticas de prevenção à violência na escola. Participou de pesquisas nacionais sobre investigação de homicídios e coordenou a Academia de Guardas Municipais do RS. É autora de 5 livros sobre o papel do município na segurança cidadã e do Índice de Municipalização da Segurança Pública (IMUSP).

Joana Monteiro

Diretora-presidente do Instituto de Segurança Pública desde janeiro de 2015 e é professora extra-carreira da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas (FGV/EBAPE).
Joana é doutora e mestre em economia pela PUC-Rio e bacharel em economia pela UFRJ. Entre 2009 e 2012, foi pesquisadora visitante no Centro de Desenvolvimento Internacional na Universidade de Harvard. Antes de presidir o ISP, era pesquisadora do corpo de pesquisas aplicadas do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/IBRE).  Joana é especialista em desenvolvimento econômico e em avaliação de impacto de políticas públicas.

José Vicente

É coronel da reserva da PM de São Paulo e ex- Secretário Nacional de Segurança Pública. Foi coordenador do programa de governo na área de segurança pública de Mário Covas (1994) e membro do grupo de formulação do programa de segurança pública do governo Fernando Henrique Cardoso (1994). Foi Coordenador de Polícia (Coordenadoria de Análise e Planejamento) e Coordenador Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança, no gabinete do Secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo (1995-1997).

Melina Risso

Atua com o tema da segurança pública há mais de dez anos. Foi diretora do Instituto Sou da Paz, OSCIP dedicada a reduzir a violência no país. Seu trabalho sempre esteve ligado ao desenvolvimento e aprimoramento das políticas públicas sendo para isso necessário manter um constante diálogo com todas as instâncias do Estado. Ao longo de sua trajetória trabalhou com diversas estratégias e temáticas uma vez que as políticas de prevenção da violência são necessariamente multidisciplinares.
É membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, da Rede Pense Livre e conselheira do COMUDA (Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas e Álcool). Também foi membro do CONASP (Conselho Nacional de Segurança Pública) e do CONJUVE (Conselho Nacional de Juventude) órgãos ligados ao Governo Federal.
Melina é doutoranda e mestre em Governo e Administração Pública pela FGV e graduou-se em comunicação social na ESPM.

Fale Conosco

ENTRE EM CONTATO CONOSCO TEREMOS O MAIOR PRAZER EM AJUDAR