Como reconhecer e compartilhar as trajetórias de profissionais públicos que transformam?

O Prêmio Espírito Público nasce como resposta a esta pergunta. Em um setor repleto de estigmas, sua existência revela a importância da mudança de pensamento sobre os profissionais e suas histórias no setor público. Resultado da construção coletiva de diversas organizações, seu foco é  reconhecer e prestigiar a atuação de milhares de profissionais públicos que trabalham diariamente com o propósito de transformar o serviço público e a sociedade.

O Prêmio Espírito Público é um projeto da Parceria Vamos – formada pela Fundação Lemann, Instituto humanize e República.org com o suporte fundamental dos parceiros: Agenda Pública, Ensina Brasil, Instituto de Tecnologia e Sociedade, Instituto Igarapé, Instituto João e Maria Backheuser, Instituto Sou da Paz, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Brasil – PNUD, Instituto Dara, Instituto Publix, Intuite.se, SOS Mata Atlântica, Vetor Brasil.

Depois de uma bem-sucedida edição em 2020, com mais de três mil inscritos de todos os estados do país, o Prêmio Espírito Público inova ao incluir a área de Assistência Social na categoria Pessoas que Transformam somando-se aos demais 4 eixos. São eles: Gestão de Pessoas, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Pública. Como 2ª novidade, o eixo setorial Educação agora passa a ser uma categoria de equipe (contendo de 3 a 10 profissionais públicos).

Já a categoria Instituições que Transformam promoverá o reconhecimento de entidades da administração pública direta e indireta que contribuem para a promoção da Segurança Alimentar. Essa categoria não aceitará inscrições e a candidatura se dará por indicação dos parceiros do prêmio. A escolha se dará por uma votação popular. Além da visibilidade de suas contribuições para o Brasil, mais uma vez os profissionais públicos serão premiados em dinheiro e com uma jornada de aprendizado com especialistas em gestão pública. Nosso objetivo é tanto o compartilhamento de conhecimentos e boas práticas com profissionais públicos de outros setores, contextos e regiões do Brasil. Assim, agregando mais valor a continuidade das suas atuações.

O que é Espírito Público?

Por “Espírito Público” compreendemos as pessoas e equipes comprometidas com a melhoria contínua dos serviços públicos, que demonstram ao longo de sua trajetória uma carreira íntegra e dedicada à coisa pública. Envolve ter iniciativa e capacidade de ser uma referência inspiradora e mobilizadora para seus pares e para os cidadãos em geral, que são o foco da administração pública.

Critérios de avaliação

Prêmio Espírito Público

Impacto social

Contribuições e resultados para a sociedade brasileira e/ou para a gestão pública. Iniciativas (projetos, políticas e/ou soluções); o contexto em que as iniciativas foram desenvolvidas; como suas iniciativas atendem às necessidades sociais do seu contexto; e os resultados alcançados, quantitativa e qualitativamente.

São subcritérios: o atendimento das necessidades sociais e da organização; a relevância da política e qualidade da prática implementada; o uso de dados e evidências na tomada de decisão; e a criação de capacidade institucional.

Contribuição técnica

Capacidade de gerar contribuições técnicas para o seu campo de atuação. Metodologias, ideias, métodos, ferramentas, abordagens e aplicações inovadoras. Por inovador entendemos quaisquer ações práticas, viáveis, eficientes e eficazes que proporcionem uma nova solução pertinente para um problema presente, seja de forma incremental ou disruptiva. 

São subcritérios: a utilização e disseminação de metodologias; a relevância da contribuição técnica: resolutividade e impacto; o grau de inovação: pertinência, viabilidade e aplicações práticas.

Capacidade de mobilização e efeito multiplicador

Capacidade de inspirar, engajar e mobilizar seus colegas no ambiente de trabalho, por meio de uma atuação empática e colaborativa. Empatia na sua trajetória, não apenas com os seus pares, mas também com os cidadãos para quem suas ações se destinam, contribuindo com uma cultura de transparência e participação social.

São subcritérios: capacidade de liderança e inspiração; atuação colaborativa com equipe e outros atores; e a atuação transparente e aberta à participação social.

Iniciativa e integridade

Iniciativa diante de contextos adversos e não favoráveis, a transformação de situações em aprendizados durante a sua trajetória, e as motivações para atuação no setor público. Respeito à ética e aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, além de demonstrarem seu propósito e dedicação ao setor público.

São subcritérios: a capacidade de adaptação e superação; a atuação integra e comprometida com a defesa do setor público: propósito e motivação; a consciência da sua trajetória e incorporação de aprendizados.

Categorias de premiação

Prêmio Espírito Público

Nesta edição, o Prêmio Espírito Público estará dividido em 3 categorias, de acordo do perfil do público a ser reconhecido: Pessoas que transformam, Equipes que transformam e Instituições que transformam

Cada categoria está distribuída em Eixos setoriais, ou seja, a temática setorial na qual a trajetória ou projeto do candidato deverá se enquadrar.  Os eixos setoriais contemplados nessa edição do prêmio refletem as principais agendas públicas em destaque atualmente.

Os candidatos deverão se inscrever em apenas um eixo setorial principal da sua trajetória.

Pessoas que Transformam

Reconhecimento de trajetórias individuais de profissionais públicos que atuam em um dos eixos setoriais a seguir:

Assistência Social
Atuação em algum dos três níveis de atuação da política de assistência social, que são: gestão básica, gestão da política da assistência social e proteção especial. Enquadram-se profissionais que atuam tanto no nível estratégico, quanto no de implementação, com o propósito de prevenir situações de risco, por meio do desenvolvimento e avaliação das políticas de potencialidades e aquisições das famílias e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários da população que se encontra em situação de vulnerabilidade social.

Meio Ambiente
Atuação, entre nível estratégico e de implementação, em órgãos ou com políticas e programas ambientais, comprometidos com o desenvolvimento econômico e sustentável do país. Podem estar relacionadas às diversas frentes ambientais descritas na Política Nacional do Meio Ambiente, como:  proteção dos ecossistemas; acompanhamento do estado da qualidade ambiental; e educação ambiental em todos os níveis de ensino, com foco na participação e envolvimento da comunidade na preservação do meio ambiente.

Segurança Pública
Atuação, entre nível estratégico e de implementação, no desenvolvimento de ações de prevenção à violência e à criminalidade, prioritariamente relacionadas à letalidade da população jovem negra, das mulheres e de outros grupos vulneráveis. Compreende, assim, ações relacionadas a questões como:  qualificação dos profissionais públicos,  fortalecimento da participação social dos conselhos de segurança pública,  aprimoramento da investigação e da perícia, produção e publicação de estudos e diagnósticos para a formulação e avaliação de políticas públicas, entre outros objetivos definidos na política nacional de segurança pública.

Gestão de Pessoas
Atuação, entre nível estratégico e de implementação, na melhoria dos processos de Gestão de Pessoas no setor público, considerando as frentes de desenvolvimento, treinamento, recrutamento, avaliação, valorização e fortalecimento da cultura organizacional de qualquer área de governo: Economia e Meio Ambiente, Estado, Infraestrutura e Social.

Saúde
Atuação, entre nível estratégico e de implementação, nos três principais campos da atenção à saúde: (i) assistência dirigida à pessoas, indivíduos ou coletividades nos equipamentos ambulatoriais, hospitalares e programas de assistência domiciliar; (ii) intervenções ambientais no sentido amplo, como o controle e acompanhamento de vetores e condições ambientais; e, por fim, (iii) políticas externas ao setor saúde que influenciam os processos saúde-doença das coletividades, como as relacionadas às políticas macroeconômicas, ao emprego, à habitação, e educação.

Equipes que Transformam

Reconhecimento de equipes, ou seja, um grupo de pessoas que atuam no desenvolvimento de um projeto em conjunto, independentemente da relação hierárquica entre eles. A equipe pode englobar pessoas de diferentes setores, mas seu projeto deve estar contido no seguinte eixo setorial: 

Educação
Atuação, entre nível estratégico e de implementação, em políticas de superação das desigualdades educacionais, formação e valorização dos profissionais da educação, monitoramento e avaliação e financiamento da educação.

Instituições que Transformam

Reconhecimento público de entidades da administração pública direta e indireta. Essa categoria será realizada a partir de indicações dos parceiros do Prêmio. Poderão ser indicadas instituições que atuem no seguinte eixo setorial:

Segurança Alimentar
Atuação no desenvolvimento de projetos, políticas ou programas que contemplam a política nacional de segurança alimentar. Instituições que desenvolveram ações, sobretudo no último ano, que visam assegurar alimentação adequada à população, proporcionando acesso regular e permanente a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente, resguardando as propriedades saudáveis de nutrição e a diversidade cultural e ambiental.

Regulamento

Entenda os critérios
de seleção e
categorias
do prêmio

Assine nossa newsletter

[email protected]