F.A.Q.

PRINCIPAIS QUESTÕES LEVANTADAS

Sobre o conceito do Prêmio Espírito Público:

Nós, realizadores deste prêmio, acreditamos fortemente que profissionais que exercem seu espírito público são uma força fundamental para transformar o Brasil. Desta forma, celebrar os profissionais públicos é celebrar a própria capacidade da administração pública em resolver o que lhes cabe dos desafios sociais e econômicos do Brasil e contribuir para a melhoria de vida da população.
Acreditamos que os profissionais públicos que fazem a diferença se sentirão mais motivados e fortalecidos se a sociedade brasileira deixar de enxergá-los a partir do estereótipo do “encostado” ou do “corrupto”, e, passar a vê-los pelas lentes dos profissionais públicos que exercem seu Espírito Público, ou seja, que colocam seu talento e tempo a serviço do país.
Adicionalmente, devem ser ressaltados os seguintes objetivos: a) Resignificar o papel do profissional público no Brasil, evidenciando para a sociedade as pessoas que atuam diariamente em prol do país; b) Inspirar os profissionais públicos brasileiros a fortalecerem seu protagonismo na busca de soluções para os mais variados desafios enfrentados; c) Inspirar – por meio de grandes histórias – talentos de todo o Brasil a ingressarem na Administração Pública; d) Disseminar boas práticas, inovações e bons resultados entre as diferentes esferas de governo e setoriais.

Em especial, gostaríamos de conhecer contribuições em quatro dimensões principais ao longo da carreira de um profissional público:
● Inovações e avanços técnicos no seu campo de atuação;
● Resultados mensuráveis para a sociedade;
● Desenvolvimento da carreira e projetos de outros profissionais públicos;
● Resiliência e capacidade de lidar com as adversidades e barreiras do setor público.
Importante ressaltar que queremos evitar estereótipos idealizados da pessoa que resolve tudo sozinha, que não comete erros, não possui inseguranças e nem se abala emocionalmente com a complexidade que é servir na administração pública.
Por isso, é muito importante que você conhecer os elementos especiais que materializem de forma honesta e real quem é o profissional público e como ele tem exercido seu espírito público ao longo de sua carreira.

Ninguém faz nada sozinho, mas em quase todo grupo há aquela pessoa que toma a frente ou que dá uma contribuição fundamental para o sucesso do trabalho do grupo. Mais que isso, há sempre aquela pessoa que teve um papel fundamental em todos ou na maioria dos times por que passou. É exatamente essa pessoa que estamos procurando e que queremos homenagear.

Sobre o processo de avaliação:

O prêmio possui os seguintes critérios:

a) As inovações e avanços técnicos no seu campo de atuação: neste critério avaliam-se as novas ideias, métodos, ferramentas, abordagens e aplicações que o candidato trouxe para sua área. Em especial, observam-se o grau de aceitação e disseminação destas novas ideias dentro da comunidade de especialistas daquele.
b) Resultados e Legado para a Sociedade: neste critério, avaliam-se os principais resultados e impactos que o candidato gerou para a sociedade e por que essas conquistas são importantes para o país. Em especial, observam-se o contexto no qual o trabalho foi realizado: escassez de recursos técnicos, barreiras institucionais, incerteza política, insuficiência de recursos orçamentários, melhorias de processo, potencial de escala da solução, resultados e impactos na vida dos beneficiários.
c) Contribuição para seus colegas: neste critério, avaliam-se os principais valores e comportamentos do candidato, que são fontes de inspiração para seus colegas no ambiente de trabalho. Alguns exemplos são persistência, capacidade de execução, dedicação, busca por contínua qualificação, conduta ética, preocupação com o desenvolvimento do time, capacidade de engajamento e de comunicação.
d) Resiliência e Superação: neste critério, avaliam-se os momentos de grande superação e que exigiram forte resiliência para lidar com as adversidade e barreiras encontradas no serviço público.

O júri é composto por representantes do governo, academia, terceiro setor e empresas com grande experiência na em suas respectivas áreas. Cada jurado é escolhido a partir da indicação dos parceiros setoriais, que o considera capaz de identificar e avaliar carreiras que representam modelos a serem seguidos no Brasil.

Cada jurado receberá uma ficha com critérios definidos a partir das 4 (quatro) dimensões na qual o formulário de baseia: sua capacidade de inspirar a equipe e o ambiente de trabalho; sua contribuição nas áreas técnicas específicas; o impacto dos resultados na sociedade e seus momentos de superação e resiliência na qual ele deverá dar uma nota para cada um deles, segunda a escala estabelecida. Depois de fazer essa avaliação, o jurado deverá colocar o seu parecer utilizando uma das seguintes classificações: a). Recomendo o candidato como pré-finalista do prêmio. Cada membro do júri pode recomendar até 20% das inscrições que recebeu como pré-finalistas daquela categoria. b). Não recomendo o candidato como pré-finalista do prêmio. c). Solicito uma nova avaliação de elegibilidade do candidato. d). Não me sinto confortável para julgar o candidato. A equipe do prêmio deverá compor o ranking dos candidatos de cada categoria considerando o número total de recomendações, somando todos os votos do Júri. Os 10 (dez) candidatos que forem melhor classificados em cada categoria passarão à próxima etapa e serão avaliados pelo Comitê Setorial.

Os membros dos comitês setoriais são especialistas renomados em cada área de atuação que foram indicadas pelos apoiadores do prêmio.

Cada membro do Comitê Setorial receberá uma ficha detalhada com informações dos 10 pré-finalistas, caso necessário, os membros do Comitê Setorial poderão solicitar informações adicionais sobre os candidatos. O Comitê Setorial se reunirá para debater sobre cada um dos indicados e, individualmente, irã ranquear os candidatos pré- finalistas conforme sua ordem de julgamento. Logo após, equipe do prêmio comporá o ranking final de candidatos pré-finalistas, com base no ranking de todos os membros do Comitê Setorial, definindo o vencedor e os outros 2 (dois) finalistas.

Tanto os jurados como os membros do comitê setorial receberão um manual de instruções que estabelece que, se eles tiverem tido contato ou trabalho, ou ainda, conhecerem o candidato, eles devem comunicar ao Comitê Gestor do prêmio que não podem avaliar aquela pessoa. No caso dos jurados, eles receberão o material de um novo candidato para avaliar no lugar do perfil de quem conheciam. No caso dos membros do Comitê Setorial, eles não poderão votar no pré-finalista com o qual tiveram algum tipo de interação anterior.

Sobre os candidatos:

O intuito do Prêmio Espírito Público é reconhecer pessoas que dedicam suas vidas e carreiras ao serviço público. O fato de estabelecermos o mínimo de 10 anos de serviço público, é um critério objetivo que nos permite avaliar que o profissional trabalhou em pelo menos dois governos diferentes (mesmo havendo reeleição), demonstrando suas contribuições em diferentes situações, ambientes, contextos, equipes, etc.

Também é possível ter atuado como terceirizado de organizações pública ou por meio de concursos públicos temporários – sabemos que, em algumas esferas, isso é bem comum.

O Prêmio não contempla pessoas que estejam exercendo cargos eletivos no momento da inscrição.

Podem concorrer ao Prêmio servidores públicos concursados ou comissionados, em atividade a no mínimo 10 anos, em qualquer esfera (municipal, estadual ou federal), dentro das categorias listadas para o prêmio.

O espírito público é o ideal do profissional público que gostaríamos para o Brasil. Desta forma, não estamos avaliando projetos para comparar qual gerou maior impacto. Nosso foco é entender a capacidade do profissional exercer seu espírito público e gerar impacto dentro dos contextos e realidades de cada região (municipal, estadual ou federal).

Sobre o prêmio em si:

Diferentemente de outras iniciativas nos quais o uso do recurso recebido precisa ser direcionado a um projeto específico, esse prêmio celebra o conjunto da obra realizada por uma pessoa até o momento, e, para homenageá-la em sua integridade, possibilita que o prêmio seja utilizado pelo vencedor da forma que ele julgar que é o melhor uso para o valor recebido.

Embora o valor do prêmio possa ser um atrativo, a lógica na qual o formulário de inscrição foi elaborado, requer que em diferentes áreas cada candidato seja capaz de dar exemplos e evidências de suas contribuições. Também pedimos a indicação de pelo menos 5 pessoas de referência, as quais serão consultadas no caso do candidato ter passado por alguns filtros anteriores. Todavia, para fazer a validação final e minimizar os riscos de surpresas com os finalistas e vencedores, uma auditoria independente fará a validação final dos 3 finalistas e do vencedor de cada uma das categorias.

Nessa primeira edição do prêmio, não foi feito esse tipo de condicionamento, uma vez que, a despeito de continuarem ou não sua trajetória no setor público, são pessoas que já realizaram uma trajetória consistente de contribuições ao longo de pelo menos 10 anos. Inclusive, porque, muitos candidatos podem vir a ser pessoas que estão prestes a se aposentar.

Sobre as instituições co-realizadoras:

O Prêmio Espírito Público é uma iniciativa coletiva, apoiada por uma dúzia de entidades da sociedade civil (ONGs e Fundações). Todas elas contribuíram para a realização do prêmio, quer seja com recursos financeiros e/ou apoio técnico.

O Instituto República é uma instituição privada, autossustentável, que exerce suas atividades como doadora a projetos de terceiros, no modelo grant-making.  A instituição tem em sua Direção um Conselho Executivo composto por profissionais com larga experiência no setor público.

No caso da Agenda Brasil do Futuro, seus representantes são jovens de famílias empresárias brasileiras de diferentes regiões e setores. Vale destacar que são membros da associação as pessoas físicas, ou seja, as empresas dos membros associados não tem nenhuma relação com a Agenda Brasil do Futuro.

Fale Conosco

ENTRE EM CONTATO CONOSCO TEREMOS O MAIOR PRAZER EM AJUDAR